PRÊMIO CAROLINA BORI

29 de novembro de 2018
Durante o VIII Congresso Brasileiro de Educação Especial ocorrido entre os dias 14 e 17 de novembro na Universidade Federal de São Carlos-SP, foi realizada a primeira Edição do Prêmio Carolina Bori atribuído aos melhores trabalhos aprovados no evento. Concorreram três categorias: comunicação oral, relato de experiência e pôster.
Conforme explicação do evento, “o processo de avaliação contou com 2 fases: na primeira etapa, todos os trabalhos submetidos ao evento receberam pareceres de dois assessores ad hoc, os quais poderiam recomendar ou não o trabalho para concorrer ao prêmio, nas categorias Comunicação Oral/Sinalizada, Relato de Experiência e Pôster. Aqueles que receberam ao menos uma recomendação nessa etapa, foram encaminhados para a fase 2, com avaliação de dois novos pareceristas independentes que atribuíram nota numérica aos trabalhos, o que permitiu uma classificação final em cada categoria”.
Entre os cerca de 450 trabalhos aprovados para Comunicação Oral, o artigo intitulado O PROFISSIONAL DE APOIO NA ESCOLA REGULAR: DESAFIOS E POSSIBILIDADES de autoria de Lilianne Moreira Dantas, aluna do Doutorado do PPGE/UFC, sob a orientação das professoras Dra. Adriana Leite Limaverde Gomes (UFC) e Ana Karina Morais de Lira, PhD (UFPE), e em parceria com Me. Francisca Jamilia Oliveira de Barros e Me. Valdizia Vieira Mendonça ficou entre os 10 melhores trabalhos, ocupando a 2ª colocação.